16 de mai de 2013

Um ano de Serendipidade


Há 365 dias atrás eu criava este blog, com o nome de Thousand Loves. Para ser mais exata, era o início do dia quinze de maio de dois mil e doze. O primeiro escrito daqui foi retirado do meu diário. A intenção inicial era que esse blog fosse um Depois dos Quinze da vida, por incrível que pareça. Na realidade, o Depois dos Quinze foi o primeiro blog que conheci. Então, a Bruna era uma inspiração. Mas não foi esse o rumo das coisas.

Sempre fui mais "sentimentalzinha", escrevia crônicas aos sete anos e aos nove, escrevia letras de músicas para a minha banda. Banda que não tinha nenhum instrumento, exceto um teclado que eu tinha em casa. A tal banda não deu certo, depois disso comecei a escrever poesias em um diário enorme. Para falar a verdade escrevo desde sempre.

Criei uma página no facebook, mas não tenho vocação para manter uma página. E antes de vir parar aqui, criei uns quatro blogs. Pronto, essa foi minha vida pré-Thousand-Loves, que agora é pré-Serendipidade. É óbvio dizer que mudei muito depois de um ano de desabafos escritos aqui. Tive três amores que não deram certo, conheci pessoas que me modificaram bastante, amadureci. Sei que estou melhorando cada vez mais na escrita e algo inacreditável aconteceu: existem pessoas que gostam do que eu escrevo.

É só o começo, eu sei. Ainda há muito por vir. Há muito para acontecer, para escrever e enlouquecer. Um livro para publicar, paixões frustradas e tudo o que a vida me disponibilizar.

E por último e não menos importante, meu muito obrigada. Todos que passam por aqui e leem algo, os que não comentam mas estão sempre nos bastidores. Aos que comentam e me fazem melhorar. De certa forma, isso aqui é meu trabalho, mesmo que sem remuneração em dinheiro. Mas meu maior pagamento é evoluir e indiretamente tocar alguém com minhas palavras. Esse é o primeiro ano de uma contagem infinita. 

2 comentários:

  1. Parabéns, minha amiga!
    Como vc bem sabe, eu sou um que gostam, e muito, do que vc escreve, e pode ter certeza de que não é à tôa! Teu talento para as palavras salta aos olhos e, sim, jovem como é, tenho certeza de que, se continuar escrevendo, produzirá muitas coisas belas, livros, crônicas, poemas, letras etc, que tocarão fundo muita gente mundo afora! Fico muito feliz por ter participado um pouquinho deste primeiro ano do "Serendipidade"! Um dia, creio, vc carinhosamente se lembrará daqui como o começo de uma grande obra...!
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, Gugu. Sim, você faz parte de tudo isso que já consegui e verá o que ainda irei conseguir. Beijos!

      Excluir

Já que gostou, comenta! É isso que me faz feliz. ;)